Você sabe o que está acontecendo na Ucrânia?

Você sabe o que está acontecendo na Ucrânia?

A mesma coisa que aconteceu na Síria e na Líbia. Os pilantras dos carteis internacionais de energia e bancário, junto com os pilantras do complexo industrial militar dos EUA precisam desesperadamente colocar na Ucrânia um governo que:

1 – Ao contrário do governo atual que se aproximou da Rússia em condições muito vantajosas, se junte à falida União Européia e faça empréstimos para endividar o país, da mesma forma que fizeram na Grécia, em Chipre, na Itália e em todos os outros países da UE, com exceção da Alemanha.

2 – Aceite bases militares e armas de guerra d OTAN e EUA, que ficariam perigosamente pŕoximas da Rússia, e facilitaria, em caso de guerra, o corte de comunicação entre Rússia e Irã (basta ver o mapa da região pra entender isso: http://goo.gl/maps/vW3hK )


Exibir mapa ampliado

3 – Que ceda a esses pilantras o controle do comércio de energia para a UE. A Ucrânia é rota para os gasodutos que vêm da Rússia e do Oriente Médio em direção à Europa. É estratégico para os pilantras controlarem essas rotas porque isso enfraqueceria a Rússia economicamente e, consequentemente os BRICS que buscam uma forma de se afastar desse sistema opressivo que governa o planeta há mais de um século, além de manter a renda desses pilantras.

4 – Que seja um poderoso aliado numa futura guerra contra a Rússia. A Ucrânia possui um enorme arsenal de armas nucleares e bases de lançamentos de mísseis e naves espaciais.

Para isso eles fazem lá o que fizeram na Síria e na Líbia: contratam mercenários estrangeiros e locais para organizarem a baderna e alardeiam ao mundo que o goveno local é corrupto e violento para justificar uma intervenção militar externa e forçar a mudançã para um governo mais favorável aos interesses deles.

Isso já aconteceu em todos os países do mundo. O mesmo script. Aqui no Brasil aconteceu em 1964. Está acontecendo hoje na Ucrânia e na Venezuela. Tudo isso tem a ver com petróleo e poder sobre as populações do mundo através do controle das fontes de energia (petróleo, alimentos, dinheiro, etc.), não com uma “revolução popular contra um governo opressor”. É manipulação da massa pura e simples. E está acontecendo repetidamente sem que ninguém se dê conta, enquanto a mídia alardeia os mesmos mantras de sempre para a lavagem cerebral do povo.